Carros elétricos poderão ser usados em Vitória para transporte de processos

A Secretaria de Obras e Habitação (Semohab) da Prefeitura de Vitória protocolou na última sexta-feira, dia 29 de dezembro, na EDP duas propostas na chamada pública de projetos voltados à eficiência energética. Foram apresentadas a aquisição e instalação de dois eletropostos com alimentação por energia fotovoltaica e a melhoria na eficiência energética dos sistemas de iluminação e de condicionamento de ar. Somados os dois projetos, caso aprovados, vão gerar uma economia de R$ 80 mil anuais.

Foto: Divulgação/PMV

Foto: Divulgação/PMV

Fora do projeto, mas dentro das expectativas da administração municipal, a Semohab vai pleitear junto à EDP e às montadoras a aquisição de dois veículos elétricos ou híbridos para o projeto piloto de incorporação dos carros movidos à eletricidade na frota municipal.

Os dois carros serão usados para o transporte de processos entre as secretarias, Ministério Público, Tribunal de Contas e outros espaços. Hoje, um veículo destinado a essa atividade circula, em média, 6 mil quilômetros por ano. Se aprovado, haverá uma economia de R$ 48 mil anuais de combustível e menos 3 mil quilos de monóxido de carbono lançado no ar.

O segundo projeto, a troca de lâmpadas de tecnologias obsoletas por lâmpadas com tecnologia LED e troca dos aparelhos de ar-condicionado tipo janela para split, vai reduzir a conta de energia em R$ 32 mil por ano

Carros elétricos no mundo

O uso de carros elétricos é incentivado pelo poder público municipal em Campinas, São Paulo, Rio de Janeiro, Palmas e Fortaleza. No mundo, existem cerca de 2 milhões de carros elétricos. No Brasil, apenas 5,9 mil, o que representa apenas 0,29% da frota mundial.

Chamada pública

A chamada pública é uma determinação da Agência Nacional de Energia Elétrica (lei nº 9.991/2000), na qual as empresas de distribuição de energia elétrica devem aplicar, anualmente, um percentual mínimo de sua Receita Operacional Líquida (ROL) em projetos de Pesquisa e Desenvolvimento Tecnológico do Setor de Energia Elétrica.

Para cumprir essa determinação, a EDP Espírito Santo deu início à edição 2017 da Chamada Pública de Projetos para propostas voltadas à eficiência energética nos 70 municípios da área de concessão. A empresa disponibilizará um total de R$ 3,8 milhões para incentivar projetos, representando 0,5% de sua ROL.

Fonte.

Recommended Posts

Leave a Comment

Start typing and press Enter to search