Cientistas do México e dos EUA criam tecnologia que usa energia solar para dessalinizar a água em áreas áridas

Uma equipe científica de pesquisadores das universidades de Michigan (EUA) e Sonora (México) desenvolveram um protótipo alimentado por energia solar para dessalinizar a água nas zonas costeiras áridas.

Nas cidades e vilas localizadas em áreas costeiras, os poços que abastecem o sistema de abastecimento estão esgotados porque a água do mar se infiltrou.

Segundo o site da Universidade de Michigan, o protótipo pode dessalinizar 150 litros por dia e sua capacidade pode ser expandida para 3 mil litros de água por dia, equivalente a cinco caminhões de transporte de água doce.

“É uma solução muito mais ecológica para o problema do acesso insuficiente à água potável”, disse José Alfaro, pesquisador costa-riquenho que leciona na Escola de Meio Ambiente e Sustentabilidade da universidade de Michigan.

Depois que a água é dessalinizada, ainda há salmoura que pode ser transformada em sal e pode ser vendida para outras empresas próximas, dando um impulso à economia local.

O que torna esta solução verdadeiramente sustentável é o componente comercial. Essa tecnologia resulta em um subproduto por meio do processamento de salmoura, e uma melhor capacidade para os pescadores costeiros – que podem lavar o peixe com água potável. Isso melhora significativamente a viabilidade financeira da tecnologia e fornece uma verdadeira solução de mercado.

 

Fonte: https://engenhariae.com.br/meio-ambiente/cientistas-do-mexico-e-dos-eua-criam-tecnologia-que-usa-energia-solar-para-dessalinizar-a-agua-em-areas-aridas

Recent Posts

Leave a Comment