Curso aborda veterinária para roedores, coelhos e lebres

A demanda pelo atendimento clínico de diversos roedores e lagomorfos (como coelhos e lebres) tidos como pets vem crescendo cada vez mais dentro da medicina veterinária. Por isso, o profissional deve estar capacitado para conhecer e tratar os principais problemas que afetam estas espécies.  Com esse foco,  o Grupo de Estudos de Animais Selvagens Murray E. Fowler, com apoio da Universidade Federal do Paraná,  vai promover o  “I Curso de Medicina de Roedores e Lagomorfos”.

O evento acontece dias 24 e 25 de março no Anfiteatro do Hospital Veterinário UFPR – Rua dos Funcionários, 1540, Juvevê, Curitiba. As inscrições custam R$ 60 para estudantes (há desconto para quem indicar um amigo) ou R$ 70 para profissionais.

O curso conta com palestrantes especializados e experientes no atendimento destes animais. No sábado (24/03), das 8 às 18h, a programação inclui palestras sobre Manejo e Nutrição, Cuidados com Filhotes, Principais Doenças na Clínica, Odontologia, Leishmaniose em Porquinhos da Índia, Oftalmologia e Contenção. Para domingo, das 8 às 17h, as palestras abordam Diagnóstico por Imagem, Cardiologia, Anestesia e Principais Procedimentos Cirúrgicos, entre outros.

Informações sobre as inscrições via e-mail: ufpr.medzoo18@gmail.com ou na página do evento no Facebook.

Sobre o Grupo Fowler

O nome do Grupo de Estudos é uma homenagem ao professor norte-americano Murray E. Fowler, considerado o pai da medicina zoológica mundial. O grupo nasceu para incentivar estudantes universitários a se aprofundar no tema dos animais selvagens e silvestres. Com o tempo, tornou-se um exemplo seguido por várias instituições acadêmicas nacionais. Há grupos Fowler no Nordeste e no Sudeste, seguindo a mesma orientação.

Recommended Posts

Leave a Comment