Concreto que absorve a poluição do ar poderá limpar cidades poluídas

Além de limpar o ar, o concreto proporciona um brilho superior em comparação com os cimentos brancos tradicionais.

Giacomo Carena/Flickr

Cientistas italianos desenvolveram um tipo de concreto que é capaz de retirar a poluição do ar, um dos principais problemas das grandes cidades e que mata cerca de 4,6 milhões de pessoas a cada ano no mundo. Apenas na Itália, cerca de 100.000 pessoas morreram em 2012 como resultado da má qualidade do ar.

A inovação, desenvolvida em parceria com a empresa de construção civil Italcementi, funciona assim: quando a luz ultravioleta do sol entra em contato com o concreto, ela interage com um catalisador de titânio. A reação química retém as toxinas e forma sais inofensivos que são levados pela água da chuva.

“Além disso, 80% da argamassa é feita de materiais reciclados, uma parte consiste em sobras de cortes de mármore Carrara, e, portanto, proporciona um brilho superior em comparação com os cimentos brancos tradicionais”, afirmou a empresa em um comunicado.

O material foi utilizado na construção do Palazzo Italia, em 2015, para reduzir os níveis de poluição na cidade. Segundo o diretor de inovação Enrico Borgarello, o prédio utilizou 9.000 metros quadrados (ou 2.200 toneladas) do cimento, que pode retirar do ar a poluição emitida por 300 automóveis movidos a gasolina por ano.

Utilizado em 15% das estruturas expostas à luz solar, o concreto eco-friendly, caso as projeções iniciais se confirmem, reduzirá para a metade os níveis de poluição em Milão.

Com informações do GOOD

Fonte: Razões Para Acreditar.

Recommended Posts

Leave a Comment