Agronegócio teve década de ouro no Brasil, conclui 10ª Expedição Safra

Expedição Safra e FC Stone encerraram hoje em São Paulo a Expedição deste ano em evento que marca os dez anos do projeto. Encontro em SP traz balanço do agronegócio em 2015/16 e tendências para 2016/17

 

Albari Rosa/Agência de Notícias Gazeta do Povo

“Dos 10 produtos que geraram mais renda nas exportações nos últimos anos, oito são do agronegócio”, disse o gerente do Núcleo de Agronegócio Gazeta do Povo e coordenador da Expedição Safra, Giovani Ferreira

Os últimos 10 anos foram uma década de ouro para o agronegócio do Brasil, concluiu nesta quarta-feira (18) o balanço da 10ª Expedição Safra. Em evento de encerramento promovido pela Expedição Safra e FC Stone, em São Paulo, cerca de 70 especialistas do ramo se reuniram durante a manhã para acompanhar o levantamento 2015/16. O encontro técnico apontou tendências para o ciclo 2016/17, com projeções, números e previsões.

Em uma apresentação dos números da última década, o gerente do Núcleo de Agronegócio Gazeta do Povo e coordenador da Expedição Safra, Giovani Ferreira, destacou os resultados positivos que o campo e os negócios do setor tiveram. Em sua fala, Ferreira trouxe avanços e gargalos que ainda existem na logística, números da produção, estimativas do ramo e traçou um diagnóstico de como o país se sustenta no agronegócio.

Um dos reflexos que ilustram esse diagnóstico é o volume das exportações. O ramo tem conseguido frear os números negativos do país – especialmente nos últimos anos – o que consolida a agropecuária como base para manter a economia brasileira nos trilhos. “Dos 10 produtos que geraram mais renda nas exportações nos últimos anos, oito são do agronegócio”, exemplifica.

O coordenador da expedição relatou que a colheita soja da soja neste ano, que ainda aguarda a finalização da colheita no Norte e Nordeste do Brasil para fechar os números, deve atingir 98,4 milhões de toneladas. O milho vai somar 29 milhões de toneladas na safra normal e mais 51 milhões de toneladas na safrinha (já contando com a quebra prevista por causa da chuva em excesso).

Fabio Cavazzoti, da Seara Agroindustrial, falou em nome dos patrocinadores da Expedição. Ele parabenizou o trabalho e classificou o projeto como essencial para todos os elos do setor. “Temos satisfação enquanto empresa do agronegócio de fazer parte desse Brasil que dá certo, principalmente diante de um momento em que estamos focados em problemas. Podemos olhar para o agronegócio como setor que traz avanços, traz superações”, enfatizou.

Sobre o trabalho da equipe envolvida na Expedição, Cavazzoti destacou que o jornalismo de qualidade é uma parte crucial no agronegócio de hoje. “A parte jornalística da Expedição Safra é também uma parte do Brasil que dá certo, que traz informações, que faz reflexões e que nos permite entender esse setor de um mercado que hoje é global”, disse.

A Expedição

A Expedição Safra chega à sua décima temporada com a edição 2015/16. O projeto de iniciativa do Agronegócio Gazeta do Povo consiste em um levantamento técnico-jornalístico da produção de grãos. Da América do Sul à América do Norte, a sondagem periódica percorre 16 estados brasileiros, mais as regiões produtoras dos Estados Unidos, Paraguai, Argentina e Uruguai. Para ampliar a discussão sobre mercado, desde a temporada 2010/11 a Expedição estabeleceu os chamados roteiros extraordinários, com incursões à Europa (Alemanha, Holanda, Bélgica e França) e Ásia (China e Índia).

FONTE: Gazeta do Povo

Recommended Posts

Leave a Comment